Trabalhar como revendedora de semijóias é prazeroso e gratificante.

Ver mulheres ficando cada vez mais bonitas, motivá-las a cuidarem da auto-estima e aliar essas missões com o empreendedorismo e a possibilidade de ter ganhos ilimitados com um trabalho autônomo, sem horário e sem patrão é realmente estimulante.

Mas, se revender semijóias é tão maravilhoso, porque muitas pessoas que começam acabam desistindo no meio do caminho?

É certo que cada pessoa tem seu motivo, mas dentro deles, encontraremos uma quantidade enorme de pessoas que desistiram por falta de planejamento.

Não ter metas é um dos maiores erros que uma revendedora de semijóias pode cometer.

Aquilo que não se mede, não pode ser avaliado e o trabalho de vender semijóias é um trabalho sério, que exige dedicação e organização.

Muitas revendedoras começam e terminam suas vendas mensais sem saber quanto faturaram, quanto lucraram, quantos pedidos tiveram e quanto pretendem vender no próximo mês.

Essa falta de objetividade faz com que muitas vezes, esforço e dinheiro sejam desperdiçados, com vendas que não “fecham”.

Se você é uma revendedora de semijóias e deseja ter sucesso nas suas vendas, reserve uma hora do seu dia, todos os dias, para estudar os números do seu trabalho.

Comece anotando todos os seus investimentos: valor investido em peças, frete, combustível para realizar entregas, gastos para visitas de clientes, etc.

Anote quantas vendas você realizou, quantas peças você vendeu, quantas clientes novas você adquiriu, qual foi seu faturamento e de quanto foi seu lucro.

Olhar para esses números te dará uma perspectiva sobre o futuro próximo e claro, sobre todas as possibilidades do seu negócio.

Metas são importantes para estimular o desenvolvimento pessoal e comercial e para garantir a saúde financeira da sua jornada empreendedora.

Similar Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *