Fizemos uma matéria falando sobre pessoas que desejam revender semijóias mas reclamam de não ter dinheiro para investir no começo e prometemos fazer uma matéria explicando o porque de não trabalharmos com revenda através de consignado.

Promessa é dívida e aqui estamos para esclarecer essa questão:

Semijóias consignadas são semijóias que a revendedora pode pegar com a empresa sem pagar e ir pagando apenas o que vender.

Se não vender, ela não precisa pagar nada.

Para algumas pessoas que desejam começar a revender semijóias, esse parece o melhor caminho, mas hoje explicaremos por que razão ele não é utilizado na nossa empresa e vale à pena você levar esses fatores em conta na hora de escolher uma forma de trabalhar:

Consignar semijóas é uma ação de risco pelo ponto de vista do empresário.

Ele produz peças e entrega para revenda sem saber se essas peças serão vendidas ou não.

Pode acontecer do revendedor não vender nada e o empresário também não terá tido a oportunidade de vender, já que estará sem as peças.

Mas, se semijóias são tão fáceis de vender, porque o revendedor não conseguiria?

A resposta é simples:

Quando o revendedor pega semijóias consignadas, ele não precisou investir nada, então, se ele vender pouco ou não vender nada, isso não é nenhum problema para ele.

Muita gente pode dizer:

Mesmo assim, eu vou vender, porque eu preciso do dinheiro.

Isso é mais um fator de risco:

A pessoa que não teve o capital inicial para investir, pode ainda não ter essa compreensão de que é necessário reservar uma parte do que ganha para reabastecer o estoque.

Se ela tiver problemas para receber os pagamentos, o risco da inadimplência é grande, visto que a pessoa não tinha capital para começar, como ela teria um fundo de reserva para realizar o pagamento das peças que ela eventualmente não tenha recebido?

Quem deseja revender semijoias de forma consignada, encontrará diversas formas de rebater essas informações, mas o fato é que, no mundo todo, a venda consignada tem demonstrado resultados negativos, tanto para quem fornece as peças quanto para os próprios revendedores.

O revendedor que realiza um investimento no negócio que está começando, tem muito mais compromisso com seus resultados.

Ele sabe que precisa vender o que comprou, para recuperar seu investimento, obter lucro e ainda, reabastecer seu estoque.

Essa compreensão, motivada pela necessidade do retorno financeiro, é o combustível para o sucesso do vendedor.

E não pára por aí.

Já explicamos aqui no Blog como você pode criar uma equipe de vendedoras e explicamos até que você pode trabalhar com elas de uma forma “consignada”, se estiver disposto a assumir todos os riscos atrelados nesse tipo de negócio.

Na próxima matéria, falaremos um pouco sobre outros pontos que você deve considerar ao fornecer suas peças em consignação para alguém vender.

Similar Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *